Celebridades

Zezé Di Camargo responde à reportagem exibida no “Domingo Show”

Neste domingo (16), o programa “Domingo Show”, exibido pela Record TV, veiculou uma reportagem sobre o ex-cantor Zazá que, por sua vez, formou uma dupla com o cantor Zezé Di Camargo no começo dos anos 80 e gravou três discos com o mesmo.

Além disso, o ex-artista ainda falou que “cantar em dupla é mais difícil que casamento”, que mora de favor em um quarto, além de narrar histórias do passado que viveu com Zezé, dando a entender que ele auxiliou muito o cantor, e que hoje não ver o mesmo por parte dele.

Após o ocorrido, o pai de Wanessa Camargo se pronunciou em seu Instagram na noite deste domingo (16), acerca das acusações de seu ex-parceiro e ainda detonou o dominical da Record. “Hoje um programa que vive de sensacionalismo (vide suas reportagens) levou uma pessoa que cantou comigo há uns anos atrás. Comecei a cantar com esse rapaz ainda criança. Tinha 13 anos. Ele é mais velho que eu, 11 anos. Já ajudei tantas pessoas na vida que nem conheço. Jamais deixaria de ajudar uma pessoa que teria me feito tão bem, como deixou transparecer a reportagem”, dissertou o cantor.

Em seguida, ele prosseguiu: “Esse moço me fez tanto mal, que foi o que me obrigou a criar a coragem e vir para São Paulo. Voltando aos ditados populares: tem mal que vem para o bem. Não vou ficar aqui escrevendo tudo o que aconteceu porque seria exaustivo e não vale a pena. Só uma de muitas que vou dizer aqui. Sabem porque uso o nome Zezé Di Camargo? Porque um ano antes de eu sair da dupla, ele registrou a patente Zazá e Zezé em nome dele, sem eu saber. Resumindo: ele me tomou o nome. Por isso tive que usar o Di Camargo […] Não julgue o coração de quem faz cara feia, como também não julgue o coração de quem faz cara de bonzinho, coitadinho”, esclareceu.

Zezé Di Camargo se pronunciou sobre reportagem do “Domingo Show” (Foto: Reprodução/Instagram).

Veja também:

Assista a reportagem na íntegra:

Zezé Di Camargo (Foto: Divulgação)

Você também pode gostar