Celebridades

Vera Gimenez diz que não consegue viver com aposentadoria de R$ 7,7 mil

A atriz Vera Gimenez, mãe da apresentadora Luciana Gimenez, cedeu entrevista à revista “Quem” e falou sobre diversos assuntos. Entre eles, ela confessou que sempre foi muito consumista e hoje não conseguiria viver com a aposentadoria de R$ 7,7 mil. Segundo ela, sua filha vem a ajudando bastante.

“Você não tem noção do que a Luciana é. Uma filha como poucas. Quero que ela tenha cada vez mais, seja mais feliz e faça mais sucesso. Tenho duas pensões, uma de 4,7 mil reais e outra de 3 mil reais. Como vou viver com isso? Meu plano de saúde custa 3,4 mil. Luciana me ajuda muito. Agradeço minha filha a Deus. Quero trabalhar para deixá-la mais light em relação a mim…”, disse Vera.

Vera Gimenez ainda contou um episódio de drama quando Luciana era ainda bebê: “João Morad nunca foi um bom pai. No dia do aniversário de 1 ano da Luciana estávamos separados. Eu estava desempregada, sem dinheiro, mas teve bolinho, cantamos parabéns. À noite, João chegou, encheu o saco para acordar a criança, deu presente. Saí para comer uma pizza, deixei a Lu com a cozinheira e uma babá. Quando voltei, nem minha filha nem as empregadas estavam em casa. Ele encostou duas kombis, colocou tudo da Luciana dentro, berço, coisinhas dela e levou minha filha”.

Ela também contou como fez para resgatar sua filha: Fiquei desesperada, emagreci 10 quilos, mas meu advogado me instruiu a arrumar dinheiro para cuidar dela. Fui trabalhar em cinema. João não queria a menina, queria encher meu saco! Nesse período fui a São Paulo. Aí vi Luciana sendo empurrada em um carrinho. Coloquei minha filha dentro do carro e corri para a casa de uma amiga. Liguei para o meu advogado e ele disse: “Entrega a sua filha que ele vai devolvê-la”. De coração partido, devolvi. Quinze dias depois ele propôs acordo.

Vera Gimenez fala sobre relação com a filha
Vera Gimenez fala sobre relação com a filha