Novelas

“Velho Chico”: Martim se desespera nas margens do Rio São Francisco

Em algumas cenas da novela, “Velho Chico” seus autores usam o drama da seca no Rio São Francisco para chamar a atenção dos moradores da margem do Rio, e a atenção dos poderosos que eleitos pelo povo são os únicos que podem ter uma ação direta na melhoria.

 E desde que o filho do Saruê, o Martin, chegou a cidade que seu personagem é usado para falar do drama do sertanejo e da seca, e nesta Segunda feira (01/08) Martin e Zé Pirangueiro estão na barragem do rio São Francisco, durante uma conversa o morador relata os tempos de fartura do rio.

Veja também:

Diferente do pai, Martin é sensível e carrega na alma a necessidade de melhorias para a terra tão castiga pelas obras erradas dos homens, e comparando a fartura do passado com a seca do momento o fotojornalista começa a chorar, “Chore, não, seu Martinho. Que se choro da gente adiantasse esse rio num tava assim. Que o que num falta é ribêrinho que chore vendo ele sofrê assim. A gente tem que sê forte pra ajudá a mãe natureza!”, afirma Zé Pirangueiro, fazendo o moço lembrar que poder sempre será sinal de destruição para o homem que luta apenas por seus interesses.

martim-chora-velhochico

Martim chora as margem do rio São Francisco (Foto: TV Globo)

Você também pode gostar