Novelas

“Velho Chico” está cansativo e destruindo horário nobre

“Tanta propaganda pra nada! Tudo gira em torno da briga eterna de Santo e Afrânio! As casas de fazendeiros tão mal cuidadas, com paredes mofadas e sujas. Todos com aquela sujeira na cara! Nem parece que moram na beira do rio! E a roupa de escravas que as empregadas usam? Sem noção!!!!”.  Explodiu Priscila na nota 0 de Patrícia Kogut.

O enredo de vilania e intrigas infinitas que fizeram sucesso na novela “O Rei do Gado” já não é mais interessante para o telespectador, à emissora apostou numa trama cheia de núcleos repetidos, a novela das 6h também se passa no interior é simples tem sua vilanias, mas não cansa o público, isso é preocupante aos números da emissora.

Sabemos que ainda há coronéis na região nordeste do Brasil, e alguns mudaram de título agora são prefeitos, vereadores, deputados… Porém a linha de maldades do personagem de Afrânio (Antônio Fagundes) está sem identidade, à insatisfação com “Velho Chico” tem aumentado em tudo, texto cansativo, roupas inadequadas, falta de química entre os personagens Afrânio e Iolanda, Santo e Maria Tereza, muitas pontas soltas na trama, e estão se enchendo de personagem onde não se sabe por que estão na trama. Existem  histórias que até chamam a atenção do público e são elas que seguram a trama e o ibope, mas o autor tem dado crédito ao texto original e força o público a aceitar, resultado dessa falta de visão é a baixa audiência e tantas críticas na mídia.

Veja também:

 

2016-02-26-23-06-novela-velho-chico

Novela “Velho Chico” da rede Globo

Curtidas

Você também pode gostar