Novelas

“Velho Chico”: Piedade confronta Afrânio e Encarnação exige que o coronel deixe Santo em paz

Em “Velho Chico”, a matriarca dos de Sá Ribeiro já está cansada da guerra com a família de Santo (Domingos Monatagner) e exigira que Afrânio (Antonio Fagundes) os deixem em paz. Para Encarnação (Selma Egrei), a briga entre famílias já chegou ao limite, ainda mais depois que Cícero (Marcos Palmeira) tentou matar seu antigo rival.

Piedade (Zezita Matos) invade a fazenda de Afrânio e o confronta: “Saruê! Seu bandido! Eu estou aqui!”. No entanto, Encarnação acorda e vai falar com ela. “Vim dizer que essa guerra agora acaba ou agora se começa! Aqui! Comigo, e às claras”, diz a magnata.

A mulher não abaixa a cabeça e enfrente os rivais: “Posso ser mulher ou o que for, coronel, mas coragem não me falta para lhe afrontar. Falta, não! Graças a Deus não preciso nem nunca precisei me esconder atrás de jagunço nenhum para fazer o que é direito”, afirma.

Veja também:

Afrânio aparece no local e expulsa Piedade, mas, Encarnação interfere nas ordens do filho e pede para que a deixe conversar com Piedade, que conta sobre o atentado de Santo. As duas chegam à conclusão de que está na hora de acabar com essa briga.

“Essa terra já bebeu sangue demais! E guerra nenhuma vai recomeçar enquanto eu for viva! Só se for depois da minha morte! Então, a senhora vá em paz, e com a minha palavra. Que aqui ficamos em paz também”, diz a centenária, exigindo que Afrânio pare com a rivalidade que atravessa gerações, o coronel segue os conselhos da mãe.

Encarnação não quer mais saber de brigas.

Encarnação não quer mais saber de brigas.

Você também pode gostar