Celebridades

Urgente: Câmara dos deputados aprova o impeachment de Dilma Rousseff

Eram 23h07 minutos da noite deste domingo, dia 17 de abril de 2016, quando a a Câmara dos Deputados alcançou o número de 342 votos necessários para autorizar a continuação do mandato da presidente Dilma Rousseff. O responsável pelo voto 342 foi o deputado Adalberto Cavalcanti do PTB do estado do Pernambuco  levando a Câmara ao delírio.

Vale lembrar que no momento em que a oposição alcançou o número necessários, o número contra era apenas 135. Ao longo da semana, a oposição e o governo cantavam vitória antes mesmo da votação. O governo falava em 200 votos, mas acabou que a oposição saiu vitoriosa e portanto anunciou a continuidade do processo de impedimento da presidente Dilma Rousseff.

Veja também:

Vale lembrar que a partir de agora, o Senado terá a responsabilidade de julgar e afastar ou não a presidente Dilma Rousseff. Para que Dilma seja afastada é necessária a maioria simples. Neste caso, ela seria afastada por 180 dias para que pudesse se defender. Já se dois terços do Senado aprovar o impeachment, Dilma é afastada totalmente do governo.

(Cãmara aprova o processo de impeachment contra Dilma Rousseff)

(Cãmara aprova o processo de impeachment contra Dilma Rousseff)

Você também pode gostar