Noticia, TV

TV paga tem grande queda em assinaturas no Brasil; streaming segue forte

Segundo o colunista Ricardo Feltrin, do UOL, o seguimento de TVs por assinatura está em queda em todo o país. Devido a crise econômica, o desemprego e a concorrência dos serviços de streaming menos caros, a TV paga está atraindo menos público.

O Brasil, no mês de março, fechou com 17,23 milhões de assinantes, perto de 3 milhões a menos que no final do ano de 2014 (quase 20 milhões). Todas as grandes e conhecidas operadoras perderam assinantes em março e nos últimos 12 meses.

No entanto, a Oi é a única provedora que está crescendo no seguimento. Com uma gama de canais, a operadora soma 1,59 milhão de assinantes, ultrapassando a Vivo (1,52 milhão) e hoje é a terceira potência do setor, atrás de Net-Claro (8,39 milhões) e Sky (5,19 milhões).

Veja também:

Nos últimos doze meses, a preferência pela TV por assinatura diminuiu 4,27%, cerca de menos de 767,97 mil assinantes. A Net-Claro perdeu 584 mil assinantes) no período. Já a Vivo perdeu a preferência em 73 mil domicílios. A Sky, 113 mil. Os dados aqui divulgados foram apurados pela Anatel.

Logo de alguns canais pagos (Foto: Reprodução).

Logo de alguns canais pagos (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar