Novelas

Trilha sonora da novela “Haja Coração”

A trilha sonora da novela “Haja Coração” está eclética e recheada de sucessos tanto nacionais como internacionais. Nomes bastante conhecidos pelo público estará na trilha, como é o caso de Anitta e Biel.

“A nossa preocupação era de que a música atendesse a dramaturgia, e não fosse de um estilo específico. Isso acabou trazendo um colorido muito interessante para a trilha”, explica Fred Mayrink, diretor artístico da novela.

As músicas de Anitta e Biel que estarão na trilha sonora são ‘Bang’ e ‘Química’, respectivamente. O sambista Péricles cantará a música “Tiro ao Álvaro”, que embalou a trilha sonora da “Sassaricando” (1987). Abaixo confira as músicas da trilha sonora de “Haja Coração”, que estreará no dia 31 de maio, no lugar de “Totalmente Demais”!

TRILHA NACIONAL

O Farol
Intérprete: Ivete Sangalo
Autor: Ramon Cruz

Bang
Intérprete: Anitta
Autores: Anitta, Jefferson Junior e Umberto Tavares

Química
Intérprete: Biel
Autores: Umberto Tavares, Jefferson Junior e Romeu R3

Veneno
Intérpretes: Fernando & Sorocaba
Autores: Sorocaba, Caco Nogueira e Thiago Servo

Tiro ao Álvaro
Intérprete: Péricles
Autores: Osvaldo Molles e Adoniran Barbosa

10 Minutos Longe de Você
Intérpretes: Victor & Leo
Autores: Leo Chaves e Marcelo Martins

Na Hora da Raiva
Intérpretes: Henrique & Juliano
Autores: Gustavo Moura, Rafael Moura, Cinara Sousa, Matheus Costa e Thiago Servo

Outra vez
Intérprete: Scarcéus
Autores: Henrique Papatella, João Pinho, Augusto Nogueira, Alexandre Marques e Bernardo Nogueira

TRILHA INTERNACIONAL

Fata Morgana
Inérpretes: Dissdenten & Lem Chaheb
Autores: Friedmann Josch, Marlon Klein e Uve Mullrich

7 Years
Intérprete: Lucas Graham
Autores: Christopher Steven Brown, Lukas Forchhammer, Morten Ristrop Jensen, Stefan Forrest, Morten Pilegaard, David James Labrel

Lato Destro Del Cuore
Intérprete: Laura Pausini
Autor: Biagio Antonacci

Reaper
Intérprete: Sia
Autores: Noah Goldste In, 88 Keys, Dom Solo, Kanye West e Sia Furler

Novela estreia em maio
Novela é uma releitura de “Sassaricando”