Séries

Tragédia com ator faz Globo adiar série policial em 15 meses

Com tudo pronto para gravar as primeiras cenas e tendo participado de todas as preparações de elenco, nas vésperas do início dos trabalhos ele protagonizou uma das maiores tragédias que a Globo já teve que lidar. Domingos Montagner estava cotado para o papel principal de “Carcereiros”, mas teve de ser substituído às pressas por Rodrigo Lombardi.

O ator surpreendeu a todos com o afogamento durante as gravações de “Velho Chico”, e consequentemente o desfalque na série policial, que agora só pode estrear em 2018 e foi atrasada em 15 meses por conta do atual papel que Lombardi está ocupando em “A Força do Querer”. Em entrevista ao “Notícias da TV”, um dos roteiristas explicou o caso.

Veja também:

São acidentes da vida. Após a tragédia que aconteceu com o Domingos, o Rodrigo Lombardi foi escolhido de imediato, porque a produção ia começar em três semanas. Ele estava em Nova York, voltou correndo para participar, uma coisa louca. O material estava todo pronto para estrearmos em janeiro. Acontece que o Rodrigo está na novela [A Força do Querer], é uma norma da casa não ter o mesmo ator em dois produtos sequenciais“, declarou Marçal Aquino, que divide os roteiros da série com Fernando Bonassi e Denisson Ramalho.

Domingos Montagner morreu afogado em 2016 (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar