Noticia, Programas

Tony Gordon vence o The Voice Brasil, mas pode perder prêmio por problemas na justiça

Na noite desta quinta-feira (3), Tony Gordon foi consagrado, com 36,62% dos votos, como o grande vencedor da 8ª temporada do The Voice Brasil, da Globo. O cantor desbancou os três concorrentes dos outros times e ganhou o prêmio de R$ 500 mil, carro 0 km, o contrato com a gravadora Universal Music e o gerenciamento de sua carreira. No entanto, parece que perderá seus prêmios.

“São 32 anos de carreira. A gente agradece, a gente aqui representa o bom músico, o bom cantor, o cantor de verdade, mas eu não estou sozinho”, disse ele, falando  e apontando para os participantes que enfrentou na final. Esta é a quinta vez, em cinco edições, que Michel Teló tem uma estrela no seu time como vencedor.

No primeiro bloco do reality musical, os participantes fizeram suas apresentações solos. Ana Ruth, do time Iza, de 18 anos, foi a primeira a cantar e escolheu “Pesadão”, da própria Iza. “É muito legar ouvir as nossas músicas sendo retocadas e ganhando outras caras”, disse ela, feliz. Lúcia Muniz, do time Lulu, de 16 anos, se apresentou com “O Amor e o Poder”. Tony Gordon, do time Michel Teló, de 53 anos, soltou a voz com “O Portão” e Willian Kessley, do time Ivete, cantou “Deixa Tudo Como Tá”.

Veja também:

Após sua vitória ontem, na tarde desta sexta-feira (4), Sonia Abrão afirmou no seu programa A Tarde é Sua, da RedeTV!, afirmou que o vencedor desta temporada do The Voice Brasil pode perder o prêmio por problemas na justiça. A Globo não se pronunciou sobre o assunto e ainda não há mais informações sobre o caso.

Tony Gordon, do time de Michel Teló, vence o The Voice Brasil (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar