Celebridades, Globo, Noticia

Tom Cavalcante, Marlene Mattos e Ana Paula Padrão são ignorados pela Globo

Três artistas consagrados da televisão brasileira e que, de uma certa forma, fizeram parte da história da TV Globo acabaram sendo ignorados pela emissora carioca, que decidiu não colocá-los no projeto Memória Globo, o qual foi lançado pelo canal em 1999, como um jeito de celebrar os mais de 50 anos de existência do veículo através de “documentos, depoimentos em vídeo e, principalmente, um site”, trata-se do humorista Tom Cavalcante, da ex-diretora Marlene Mattos e da jornalista Ana Paula Padrão.

Fora os três mencionados acima, outros famosos como Dercy Gonçalves, o ator Pedro Cardoso (A Grande Família), a jornalista Mariana Godoy (RedeTV! e Rádio Globo) e o casal de jornalistas e apresentadores dos anos 1980 Eliakim Araújo e Leila Cordeiro (Jornal da Globo) também não constam no projeto global.

Diante disso, o site Notícias da TV foi atrás de saber da Globo o motivo pelo qual esses oito ex-globais não estão incluídos na parte histórica da emissora. “O site do Memória Globo está em constante construção, sempre se renovando. Regularmente, novas informações entram no site. Além desses perfis, não constam muitos outros, que trabalharam e trabalham até hoje na Globo. E mesmo sem perfis específicos, é possível encontrar conteúdo _foto, citação, trabalhos dos quais fizeram parte_ sobre estas personalidades”, explicou a assessoria da emissora.

Ana Paula Padrão, Tom Cavalcante e Marlene Mattos (Foto: Divulgação/Reprodução/Agnews)

Globo abordará o reflexo da atual situação política brasileira na nova temporada de Malhação

Diferentemente de suas concorrentes que evitam ao máximo adentrar nas questões políticas brasileiras, a TV Globo se colocará justamente na contra mão disso tudo, e, como uma forma de refletir a situação atual pela qual o país está passando, resolveu produzir uma nova novela voltada para a temática, trata-se da nova temporada de Malhação, que estreia no primeiro semestre de 2018.

De acordo com informações do jornalista Daniel Castro, do site Notícias da TV, a emissora carioca abordará na trama teen o tema Operação Lava Jato, na qual contará a história da filha de um executivo corrupto que será detido pela Polícia Federal. Nisso, a tal pessoa, a qual será aluna da professora que será vivida pela atriz Camila Morgado, acabará sendo vítima de preconceito no colégio em razão de ter o pai político corrupto.

Veja também:

Além do mais, todos os bens de sua família serão obstruídos pela justiça, no que fará então com que a menina seja obrigada a se mudar para um local de ensino mais barato por falta de dinheiro, e, ao mesmo tempo, crie rixas com seus novos colegas de escola.

Ainda segundo a publicação, o pai da estudante será levado logo de início para a cadeia no primeiro capítulo, fazendo com que ele não seja apresentado aos telespectadores. Por sua vez, quem viverá a mãe da garota, cuja ainda não foi escolhida, será a atriz Ana Beatriz Nogueira, que enfrentará momentos bastante complicados ao longo da prisão do marido e se verá então forçada a trabalhar, pela primeira vez, a fim de manter o sustento da casa.

A nova temporada de Malhação, cujo subtítulo será Vidas Brasileiras, se baseará na novela canadense 30 Vies, que em português significa 30 Vidas, sendo que sua adaptação será de total responsabilidade de Patrícia Moretzsohn, com supervisão de Daniel Ortiz e direção-geral de Natália Grimberg.

Nova temporada de Malhação ganhará ares políticos em 2018 (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar