Testemunha viu ator de ”Jogos Vorazes” comprar drogas um dia antes de morrer

Testemunha viu ator de ”Jogos Vorazes” comprar drogas um dia antes de morrer

Testemunha disse a policiais que investigam a morte de Philip Seymour Hoffman que viu o ator comprando drogas em um caixa eletrônico próximo à sua casa uma noite anterior à possível overdose. Hoffman foi encontrado morto aos 46 anos, no banheiro de seu apartamento em Nova York, neste domingo.

O homem que diz ter visto o ator contou à polícia que ele estava “muito suado” e tinha aparência ruim. Ele estaria perto de seu apartamento, no West Village, em Nova York, por volta das 20h de sábado. A testemunha diz ter visto Hoffman retirar dinheiro do caixa eletrônico, entregar aos homens que carregavam pochetes e receber pacotes de volta.

Esta teria sido a última vez que o ator foi visto vivo. A polícia diz à Fox que há câmeras sobre o caixa eletrônico, mas que não tinha obtido as imagens ainda. Um vizinho do ator disse à Fox que Hoffman parecia “pálido” e que “não estava bem” mais cedo no sábado, por volta das 10h30 da manhã, quando foi visto comprando lenços de papel e refrigerantes em uma loja próxima de casa.

O ator já participou de ”Boogie Nights”, de 1997. Ele intrerpretou um gay que tentava conquistar o protagonista do filme. Dirigido por Paul Thomas Anderson, o longa conta os bastidores do cinema pornô californiano dos anos 70 e início dos 80. No ano seguinte, chamou atenção ao atuar em “O grande Lebowski”, dos irmãos Coen. Entre os projetos recentes está a saga “Jogos Vorazes”. Ele era Plutarco Heavensbee no filme de 2013, “Em chamas”. Estava confirmado para as duas outras partes da franquia. Segundo o blog The Wrap, especializado nos bastidores de Hollywood, faltava ainda uma semana de filmagens para o ator.

Comentários

comentar