Temendo agressões, Globo coloca seguranças para escoltar equipes nas ruas

Mesmo colocando jornalistas desconhecidos para fazerem coberturas consideradas mais “polêmicas” e evitando estar nas ruas, parece que não tem jeito. Por várias as vezes a Globo está sofrendo com a falta de educação de militantes pró-PT, partido da presidente Dilma Rousseff, que estão invadindo constantemente links e entradas ao vivo em telejornais. Diante da situação caótica, de acordo com o colunista Daniel Castro, novas táticas entraram em curso desde o último incidente.

Durante o “Bom Dia São Paulo” da última segunda-feira (02), o repórter André Azeredo ficou apreensivo após por pouco não ser agredido no ar enquanto falava em tempo real sobre as ocupações em escolas técnicas paulistas. Para evitar um novo ocorrido parecido, nesta quinta-feira (05) por inteiro, seguranças estiveram escoltando e fazendo a segurança das equipes de reportagens, que poucas vezes estiveram em via terrestre.

A via aérea foi a mais utilizada, com o Globocop cobrindo as desocupações das escolas e assim evitando as agressões. Neste mesmo dia, seguranças conseguiram empatar um militante que invadiu um link da jornalista Sabrina Simonato. Os profissionais se jogaram em cima de um jovem que estendia uma placa com a frase “Sorria, você está sendo manipulado” e corria para a frente da câmera.

(A Globo não está nada satisfeita com o que está passando nas ruas)
(A Globo não está nada satisfeita com o que está passando nas ruas)
Curtidas
Diiego
Curitibano e fundador do site Famosos na Web, sou apaixonado pelo mundo virtual.

Comentários