Celebridades, Noticia

Taís Araújo comemora parcerias na TV com Lázaro Ramos

A atriz Taís Araújo faz parcerias com o marido, Lázaro Ramos, há muitos anos. Recentemente, o casal fez Mister Brau juntos, na Rede Globo, e a peça O Topo da Montanha. Nesta terça-feira (19), após o desfecho do espetáculo e do programa na TV, Taís fez uma declaração falando como é ter o marido como colega de cena a tanto tempo.

“Faz uma semana que acabou ‘Mister Brau’ e um mês e meio que encerramos ‘O Topo da Montanha’. Foram 3 anos trabalhando direto contigo, fazendo essa dobradinha TV+teatro que eu nem quis pensar se daria certo ou não. O que mais importava é que tínhamos nas mãos dois projetos que falavam diretamente aos nossos corações”, disse ela.

“Se seria muito tempo trabalhando com você? Se isso prejudicaria nossa relação? Se saberíamos separar o profissional do pessoal? Não era a nossa preocupação! Talvez esse tenha sido o nosso maior acerto. Nosso foco eram as histórias que tínhamos pra contar, as cenas que tínhamos que fazer. O palco, que tinha chances sim de se tornar um ringue, pra nós era um grande salão de baile. Não tinha disputa; tinha dança, bailado… Era jogo dos melhores, daqueles que não valem ponto. Era frescobol: a única regra era não deixar a bola cair. E mantivemos a bola no alto por três lindos anos”, afirmou, falando sobre a possibilidade do trabalho atrapalhar a relação do casal.

No entanto, Taís falou que eles vão trabalhar separados na TV e encheu o marido de elogios: “Agora, temos projetos separados, e é lindo o quanto recorremos um ao outro. Porque a nossa força está na nossa troca. Lázaro Ramos, muito obrigada por estar ao meu lado, por ser um diretor tão sensível e generoso, por ser mais que meu marido e pai dos meus filhos. Obrigada por ser meu companheiro, meu parceiro, meu amigo, meu amante e meu amor”, declarou Taís Araújo.

Veja também:

Faz uma semana que acabou Mister Brau e um mês e meio que encerramos “O Topo Da Montanha”. Foram 3 anos trabalhando direto contigo, fazendo essa dobradinha TV+teatro que eu nem quis pensar se daria certo ou não. O que mais importava é que tínhamos nas mãos dois projetos que falavam diretamente aos nossos corações. Se seria muito tempo trabalhando com vc? Se isso prejudicaria nossa relação? Se saberíamos separar o profissional do pessoal? Não era a nossa preocupação! Talvez esse tenha sido o nosso maior acerto. Nosso foco eram as histórias que tínhamos pra contar, as cenas que tínhamos que fazer. O palco, que tinha chances sim de se tornar um ringue, pra nós era um grande salão de baile. Não tinha disputa; tinha dança, bailado… Era jogo dos melhores, daqueles que não valem ponto. Era frescobol: a única regra era não deixar a bola cair. E mantivemos a bola no alto por três lindos anos. Agora, temos projetos separados, e é lindo o quanto recorremos um ao outro. Porque a nossa força está na nossa troca. @olazaroramos, muito obrigada por estar ao meu lado, por ser um diretor tão sensível e generoso, por ser mais que meu marido e pai dos meus filhos. Obrigada por ser meu companheiro, meu parceiro, meu amigo, meu amante e meu amor. 💕

A post shared by Tais Araújo (@taisdeverdade) on

Você também pode gostar