Novelas

Substituta de “O Rico e Lázaro” terá gravações em Nova York, Roma e Jerusalém

Estão a todo vapor os preparativos para a substituta de “O Rico e Lázaro” no horário de tramas bíblicas da Record. Escrita por Vivian de Oliveira, “O Apocalipse” receberá investimentos nunca antes vistos na teledramaturgia da emissora.

A prova é tamanha que, de acordo com a coluna “Controle Remoto” do jornal “O Globo”, a novela chegará a gravar fora do país. Ambientada nos tempos atuais, algumas das cenas se passarão em Nova York, Roma e Jerusalém.

Toda a equipe será deslocada para as gravações nas metrópoles, que serão rápidas com a intensão de economizar ao máximo. Ainda segundo a nota, para que não precise de retornar depois às locações e se façam novos gastos, a técnica da Record utilizará da tática do stock shots, que são cenas já prontas e que são compradas por terceiros para serem inseridas nas sequências de imagens.

Vivian de Oliveira. (Imagem: Divulgação)

Final de “O Rico e Lázaro” terá crossover com “O Apocalipse”

Durante a coletiva de imprensa para a apresentação de “O Rico e Lázaro”, um dos nomes do alto escalão da emissora revelou que a novela terá 150 capítulos, e que em sua reta final haverá um crossover com a sucessora “O Apocalipse”, de Vivian de Oliveira.

Veja também:

Deste modo, em uma ação semelhante aquela que aconteceu em meados de 2016 na Globo quando Fedora, de “Haja Coração”, surgiu no último capítulo de “Totalmente Demais”, os bispos investirão na mesma dose para tentar promover suas histórias.

No final desta novela começarão a surgir cenas já ligadas às profecias de Daniel, e que servirão como uma ponte para ligação com a próxima história“, explicou Marcelo Silva, que lidera a Record e esteve apresentando a sucessora de “A Terra Prometida” nesta terça-feira, 07 de março.

Você também pode gostar