Celebridades

Solange Couto sobre síndrome do pânico de Lucas Lucco: “Pesadelo”

Em “Malhação – Seu Lugar no Mundo” a atriz Solange Couto vive Vanda, mãe de Uodson, interpretado pelo ator estreante Lucas Lucco. Em entrevista ao portal “UOL”, Solange revelou que foi uma das primeiras pessoas a perceber que o cantor estava com síndrome do pânico, e fez de tudo para ajudá-lo.

“Sabia muito antes da maioria das pessoas. O que pude fazer eu fiz. Dei colo, conversei com a psicóloga, essas coisas que a gente faz como colega mais velho, como uma pessoa que vê a outra passar por um problema muito sério, ainda mais sendo um menino. Agora ele está bem, já passou tem um tempo. Foi só um pesadelo”, disse.

A relação maternal criada na ficção entre eles, também surgiu na vida real. “Ele é um querido, virou meu quarto filho. Ele liga, dá presente, fala no ‘zap’ onde está. O Lucas é um menino que tem um foco absurdo em tudo o que ele faz. Ele nunca chega fora do horário, chega com o texto decorado, mesmo vindo às vezes de um fim de semana pesado de seis, oito shows. Que horas esse menino faz isso eu não sei, porque no meio do dia ainda tem o negócio da malhação dele”, elogia.

Veja também:

O corpo malhado e definido de Lucco é motivo de muitos boatos de que ele ingere anabolizantes, Solange Couto defende o ator: “Quero aproveitar pra dizer que tem um povo aí linguarudo, preguiçoso, sem vergonha, que não faz nada e fica querendo apontar nos outros defeitos que não têm. O Lucas é um menino que não consome anabolizantes, essas porcalhadas. Ele tem a alimentação absolutamente correta, ele mesmo é quem faz a comida dele. Não estou defendendo porque eu amo ou porque sou mãe fictícia, eu vejo mesmo. Ele anda com uma mochila com a alimentação dele. Ele não come, tem 0, 0 de gordura no corpo. Morra de inveja quem quiser. O corpo dele é de verdade, não é de anabolizantes. Brigo e fico com raiva quando falam isso dele.”

Lucas Lucco e Solange Couto construíram uma relação maternal (Foto: Isac Luz/EGO)

Lucas Lucco e Solange Couto construíram uma relação maternal (Foto: Isac Luz/EGO)

Curtidas

Você também pode gostar