Celebridades, Emissoras, Noticia

Sem programa no SBT, Mara Maravilha fica proibida de ir em outras emissoras de TV

Depois da saída de Mara Maravilha do Fofocalizando, o SBT expressou uma ordem interna que proíbe a apresentadora de participar de qualquer programa da concorrência, exceto os da própria emissora, é claro. Isso porque, de acordo com o colunista Ricardo Feltrin, recentemente, ela recebeu convites da Record, Band e RedeTV!, só que o SBT vetou todos e disse que sua contratada não poderia comparecer na sede das respectivas emissoras.

Segundo a publicação, o canal da Anhanguera não deixou Mara ir em virtude do receio da mesma vir a ser questionada sobre o seu afastamento do vespertino de fofocas. “Não estamos liberando a Mara Maravilha porque as emissoras repentinamente tiveram interesse nela apenas após seu afastamento do Fofocalizando. Numa uma clara indicação de querem explorar esse assunto. O SBT não concorda com isso, ou seja, expor sua artista por um motivo que só interessa a ela e à direção da emissora.”, confirmou a assessoria do SBT à coluna de Feltrin.

Vale ainda ressaltar que, apesar de Mara ter perdido o comando do Fofocalizando, ela vem, casualmente, gravando o quadro Jogo dos Pontinhos, do Programa Silvio Santos. Nesta terça-feira (11), por exemplo, ela marcará presença na ‘bancada do riso’. Acerca do veto feito pelo SBT, a apresentadora preferiu não se manifestar a respeito do assunto.

Motivo da saída

No dia 17 de agosto, Mara Maravilha deixou o programa Fofocalizando, do SBT. Segundo informações, a apresentadora foi chamada pelo diretor artístico da emissora, Fernando Pelégio, momentos antes do início da atração e foi sugerido que ela se afastasse do vespertino. Mara concordou prontamente. Sua saída ocorreu por consequência das brigas constantes no ar, e nos bastidores, com o elenco do programa.

Veja também:

De acordo com o site Notícias da TV, Mara já comentava sobre o desejo de deixar o Fofocalizando há dois meses, já que na época estava iniciando alguns desentendimentos com o colunista Leo Dias, principalmente após uma foto publicada por ele em que ela aparecia com um rosto de demônio. A partir daí, várias situações de conflito decorreram entre os dois. Mara Maravilha foi vista chorando algumas vezes no estúdio.

A maior reclamação da apresentadora era de não ser respeitada pelos seus colegas: Mamma Bruschetta, Leão Lobo, Décio Piccinini e Lívia Andrade. Além disso, seu noivo, Gabriel Torres, também estaria apoiando a decisão da mulher de sair da atração do SBT. Incomodado com a situação, diante e fora das câmeras, Fernando Pelégio pediu para que ela deixasse o programa.

Porém, em um comunicado oficial, o SBT afirmou que a decisão foi tomada em conjunto: “Mara Maravilha e a direção do SBT, em comum acordo, decidiram que a apresentadora não fará mais parte do programa Fofocalizando. A artista permanece como contratada da emissora e aguarda novos projetos”, afirmou em nota.

Mara Maravilha recebe veto do SBT (Foto: Reprodução)

Mara Maravilha recebe veto do SBT (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar