Noticia, Novelas, Segundo Sol

Segundo Sol: Roberval cai em armadilha, é denunciado por Laureta e preso por contrabando de diamantes

O feitiço virará contra o feiticeiro no capítulo de Segundo Sol que vai ao ar nesta quarta-feira (03), após o horário político. Isso porque, depois de ter tramado contra Laureta (Adriana Esteves), fazendo-a se tornar inimiga de Karola (Deborah Secco), agora será a vez de Roberval (Fabrício Boliveira) se dá mal.

O empresário, que está morando na casa de Severo (Odilon Wagner), receberá uma visita surpresa da polícia no local para constatar a veracidade de uma denúncia anônima que a corporação recebeu contra ele. E quem estará lá para averiguar o caso será o corrupto delegado Viana (Carlos Betao).

Na ocasião, os policiais vão fazer uma vistoria pela casa, incluindo o cofre. Ao ser questionado sobre a senha do objeto, Roberval alega: “Esse cofre era de doutor Severo, pergunte a ele!”. Porém, sem tempo a perder, Viana mirará para o cofre e dará um tiro, e, ao abrir, acabará encontrando diamantes contrabandeados. “Roberval dos Santos, o senhor está preso por contrabando de diamantes!”, sentenciará o delegado.

Roberval recebe voz de prisão do delegado Viana (Foto: TV Globo)

Roberval recebe voz de prisão do delegado Viana (Foto: TV Globo)

Fazendo mistério, Laureta não aceita que Karola procure seus pais biológicos

Em Segundo Sol, a relação misteriosa de Laureta (Adriana Esteves) e Karola (Deborah Secco) terá mais um capítulo. Após ser desmascarada na frente de milhares de pessoas, a ex-mulher de Beto Falcão (Emilio Dantas) voltará para o convento em que passou a infância para ter informações dos seus pais biológicos. Ao saber disso, Laureta impedirá a amiga de continuar sua procura.

“A boa filha à casa torna, não é, Karolinha?”, falará Laureta, assim que uma freira levar Karola para seu carro. A perua ficará desesperada ao ver a ex-amiga e tentará sair do veículo, mas as portas estarão trancadas. “Nem meu filhinho me quer mais… Você devia ter me deixado lá no convento”, dirá Karola, no bordel. “Nunca! Eu já te tirei de lá uma vez, e agora tô te resgatando pela segunda vez, meu anjo”, responderá a cafetina.

Veja também:

“Me tirou de lá pra me fazer trabalhar pra você num bordel. Que ato mais humanitário!”, falará Karola, irônica. “Não seja mal-agradecida! Eu te dei o mundo! Te dei Beto Falcão!”, responderá a vilã. Karola explicará que foi ao convento para descobrir algo sobre seus pais. “Queria reencontrar com eles. Quem sabe eles se arrependeram de me largar lá… Quem sabe podiam me aceitar de volta, me dar outra família, me ajudar a recomeçar minha vida”, dirá.

Laureta tentará jogar água fria nas esperanças da amiga. “Eu sei exatamente o que você sabe, o que a irmã contou, que seus pais eram dois viciados, miseráveis”, dirá ela. “Nem dois miseráveis me quiseram”, falará Karola, chorando. “Mas eu lhe quis, não lhe quis? Lembra como você era quando lhe conheci lá? Pele e osso, com os dentes estragados, uma songa-monga”, afirmará a cafetina, acabando com o chororô. “Chega de drama, Karola! Acho que você tá é precisando tomar um uisquinho pra recuperar sua essência”.

“Você não tem do que reclamar, você tem R$ 7 milhões guardados, R$ 7 milhões compram a vida que você quiser… Pode comprar até um par de mendigos pra chamar de papai e mamãe, se isso lhe fizer feliz!”, finalizará Laureta. A relação entre Karola e Laureta é o grande mistério da vez do autor João Emanuel Carneiro para o final de Segundo Sol. As cenas irão ao ar a partir do dia 20 de outubro.

Karola e Laureta em Segundo Sol (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar