Emissoras

Segundo ANCINE, TV Brasil é o canal que mais apresenta filmes nacionais na TV aberta

Anualmente a ANCINE (Agência Nacional do Cinema), faz uma pesquisa da grade de programação das emissora de TV aberta no Brasil, e em uma pesquisa a agência mostra que em 2015 a TV Brasil foi a emissora que exibiu o maior número de longas-metragens nacionais, seguida da Rede Globo e da TV Cultura.

Segundo o levantamento, a TV Brasil veiculou 120 títulos nacionais, enquanto a Globo reproduziu 87 e a TV Cultura, 55. O SBT não veiculou nenhum longa brasileiro durante todo o ano passado. Já Band e Record, respectivamente, veicularam um e três filmes dessa natureza. Considerando as reexibições, as três primeiras emissoras também foram as que mais abriram espaço para veiculação de obras nacionais: 190, 107 e 83 veiculações.

A programação da emissora no último ano incluiu produções de ficção, como os longas de comédia do saudoso Amácio Mazzaropi, “Betão Ronca Ferro” e “Uma Pistola para Djeca”, além de documentários como “Moscou”, “Nelson Freire” e “Vou Rifar Meu Coração”.

O Informe de Acompanhamento do Mercado da TV Aberta, divulgado em 16 de junho, identificou a veiculação de 2.082 longas-metragens na grade de programação de 2015 das emissoras que têm sinal aberto. Desse total, foram 384 exibições de 262 obras brasileiras e 1.698 veiculações de filmes estrangeiros. O número corresponde a 18,4% e 81,6% de participação, respectivamente.

O SBT apresentou 177 vezes alguma produção estrangeira da sétima arte. A CNT, a TV Gazeta e a Rede TV! não veicularam longas-metragens de qualquer origem durante o ano passado. Dentre as produções do exterior, a TV Brasil teve 157 veiculações. Já a Globo exibiu 820 sessões, enquanto a TV Cultura, a Band e a Record tiveram 248, 180 e 116 veiculações. A pesquisa não indicou o número absoluto de títulos estrangeiros que entraram no ar em cada canal.

Veja também:

O Informe de Acompanhamento do Mercado de TV Aberta fez o monitoramento da programação das redes de televisão Band, CNT, Globo, Record, RedeTV!, SBT, TV Brasil, TV Cultura e TV Gazeta. Os dados compilados referem-se a conteúdos veiculados na cidade de São Paulo, onde está sediada a maior parte das emissoras que comandam a rede no país, durante o ano de 2015.

A pesquisa dividiu a programação das emissoras em cinco categorias: Entretenimento, Informação, Educação, Publicidade e Outros. O monitoramento mostra que o conteúdo veiculado na TV aberta, como um todo, é de origem majoritariamente brasileiro, com 83,3% do total da programação. Na análise do último ano, o levantamento registrou crescimento da ocupação da grade com programação nacional na TV Brasil (11%), além de ligeiro crescimento na CNT (2,1%), na Record (1,7%) e na Rede TV! (0,7%).

Os dados são do Informe de Acompanhamento do Mercado de TV Aberta, realizado pela Superintendência de Análise de Mercado (SAM) da Agência Nacional do Cinema (ANCINE). A pesquisa completa está no site do OCA – Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual.

Emissora pertence ao governo brasileiro (Foto: Divulgação)

Emissora pertence ao governo brasileiro (Foto: Divulgação)

Você também pode gostar