Emissoras

Sede da Record Rio passará a ser um hospital acusado de pertencer a Universal

Conforme amplamente divulgado, a TV Record, decidiu que todos os profissionais deveriam migrar para o RecNov, afim de dar continuidade aos trabalhos, de lá. No inicio, o que se sabia, era que se tratava de uma mudança programada e que não seria definitiva, já que o prédio passaria por reformas, e no final todos voltariam para o edifício.

Acontece que por algum motivo, a direção da emissora mudou de ideias, definindo que a Record Rio não voltaria a sua antiga sede, e que por isso, a partir de então, passaria a ser dentro do Recnov. Claro que isso gera grandes custos, afinal de contas, trata-se da movimentação de uma emissora, mas o curioso disso tudo, é que no local onde funcionava a emissora, passará a funcionar um hospital.

Veja também:

Segundo informações do colunista Flávio Ricco, o local servirá para dar vida ao novo hospital do Grupo Life, até aí, tudo bem. No entanto, embora poucas pessoas lembrem, a Life é a mesma empresa que na época do inicio da terceirização do RecNov, era responsável pelo plano de saúde dos funcionários. Na época, diversos sites afirmaram que o grupo pertencia a Igreja Universal, mas na época, a Record negou com veemência, que a Universal fosse dona do grupo. Agora, por ironia do destino, a Record vai ceder um espaço seu, para a construção de um hospital pertencente a esse grupo.

Record Rio passa a funcionar definitivamente no Recnov (Foto: Reprodução/Internet)

Record Rio passa a funcionar definitivamente no Recnov (Foto: Reprodução/Internet)

Você também pode gostar