Emissoras

SE: Repórter de afiliada da Record é preso por desacato à autoridade

Costumeiramente, programas do estilo policialesco sofrem com seus jornalistas enfrentando situações bastante incomuns para canais com padrões. Porém, a mais recente situação envolveu um repórter de Sergipe. Tudo aconteceu quando o radialista Sandoval Siqueira gravava imagens em local de crime após a faixa colocada pela polícia.

Advertido grosseiramente pelo policial, a polêmica se iniciou quando ele não se intimidou e pediu educação da autoridade, quando ouviu a resposta: “Você fique aí que eu lhe prendo por desacato!“. Sem acordo, Sandoval levou voz de prisão e foi levado no camburão para a delegacia, sendo liberado na tarde desta terça-feira (07).

As imagens foram gravadas para o “Tolerância Zero”, policialesco da TV Atalaia, afiliada da Record em Aracaju. O apresentador do telejornal, Bareta, reprovou a atitude de seu repórter, e bravejou: “[…] não quero meu repórter em confronto com a PM, tudo tem o limite. Não estou a favor de um ou de outro, estou a favor dos dois, já que estavam trabalhando. E depois dessa polêmica, não vou mostrar mais a matéria. Liguei para o Coronel e pedi desculpa“.

(Sandoval Siqueira na direita da foto no estúdio do "Tolerância Zero", jornalístico da TV Atalaia, afiliada da Record em Sergipe)

(Sandoval Siqueira na direita da foto no estúdio do “Tolerância Zero”, jornalístico da TV Atalaia, afiliada da Record em Sergipe)

Veja também:

VEJA O MOMENTO DA POLÊMICA QUE FOI REPRISADO NO “CIDADE ALERTA SERGIPE”, VERSÃO LOCAL DO PROGRAMA DE MARCELO REZENDE:

Você também pode gostar