Música, Noticia, SBT

SBT Hits, plataforma streaming de música, é cancelada

Após cinco meses de seu lançamento, o SBT decidiu por um fim nos serviços de sua plataforma de streaming de música, o SBT Hits. Custando R$ 8,90, a assinatura da plataforma foi uma tentativa do Grupo Silvio Santos de atrair os consumidores de músicas com um preço mais acessível que os concorrentes Deezer e o Spotify.

O SBT confirmou as informações sobre o cancelamento da plataforma com o seguinte comunicado: “O serviço SBT Hits foi encerrado, pois uma das empresas parceiras reviu sua estratégia e desistiu de continuar e isso afetou a sustentabilidade do mesmo”.

No entanto, o cancelamento pode ter sido por causa da baixa procura pelo serviço nas plataformas digitais, o que acabou causando o encerramento precoce do SBT Hits, sendo assim, não tendo nenhum lucro entre as empresas parceiras, como esperado.

Veja também:

No lançamento da plataforma, o seu principal atrativo era o preço, para se destacar entre as concorrentes, como explicou o executivo de novos negócios da emissora, Fernando Pensado: “Esse serviço é uma alternativa ao Spotify, Google Play e Deezer, mas a principal diferença é que existe uma curadoria que está muito atrelada à programação e às estrelas do SBT. A ideia é sempre fazer um produto que seja popular, que esteja que esteja com facilidade de acesso à população, com uma super qualidade e tecnologia bastante atrativa”, contou. O site do SBT Hits e o aplicativo já foram desativados.

Logo do SBT Hits (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar