Séries

Saiba qual caminho a série “Narcos” vai trilhar após a 2ª temporada

A segunda temporada da série “Narcos” ainda nem estreou e um grande spoiler está circulando a internet há alguns meses. A notícia de que Wagner Moura, intérprete do narcotraficante Pablo Escobar, vai deixar a produção nesta temporada foi dada por ele mesmo. Isto, por si só, começou a gerar um rumor de que a série vai acabar após a morte do personagem, no entanto não é bem assim.

De acordo com as palavras do próprio diretor de “Narcos”, José Padilha, em um evento da Netflix, a série nunca foi sobre a história do Pablo Escobar, mas sim sobre a história do narcotráfico. “A série trata de quem produz a droga, dos grandes traficantes que são a origem desta guerra. Claro que o Brasil tem muita violência gerada pelo tráfico, mas você não vê a DEA mandando seus agentes para o Brasil, porque não é a fonte. A segunda temporada mostra que com a morte de Pablo, não apenas o tráfico de cocaína não acabou como aumentou”.

Sobre a trama da estrela da série na segunda temporada, que estreia dia 2 de setembro, Padilha conta: “Escobar agora tem que reagir à perda de poder, ao fato de deixar de caçador para ser a caça. Mas ele, apesar de fumar muita maconha, sempre teve noção do que estava acontecendo com ele a partir do momento em que o governo decide não negociar mais com ele. Não era como o Hitler que já no bunker, totalmente cercado, achava que teria algum jeito”.

Veja também:

O diretor ainda brincou dizendo que o intérprete de Pablo Escobar nunca consegue ser coadjuvante: “Quando filme ‘Tropa de Elite’, o personagem do Wagner, o capitão Nascimento, era para ser um coadjuvante. Só que na hora da edição, percebi que ele era o personagem principal. É o que sempre acontece com o Wagner. Ele não consegue ser coadjuvante nunca”.

O personagem vai morrer na segunda temporada de "Narcos" (Foto: Divulgação/Netflix)

O personagem vai morrer na segunda temporada de “Narcos” (Foto: Divulgação/Netflix)

Você também pode gostar