Emissoras, Globo

Saiba porque a Globo ainda não extinguiu a Sessão da Tarde

Não é de hoje que surgem especulações em torno do suposto fim da “Sessão da Tarde”. No início, chegou a ser divulgado que a Globo faria uma dança das cadeiras em sua programação, passando o “Encontro com Fátima Bernardes” para as tardes e remanejando o “É de Casa” para as manhãs diárias, o que não aconteceu de fato.

O motivo para tanto burburinho em torno deste assunto era a crise de audiência da sessão de filmes vespertino. Até 2013, a faixa estava enfrentando uma péssima fase, onde chegava, atém mesmo, a ficar abaixo dos 10 pontos de média, afetando todo o restante da programação global. No entanto, a emissora inverteu o horário da “Sessão do Tarde” com o do “Vale a Pena Ver de Novo” e a situação minimizou.

Contudo, anos depois, a Globo continua com a mesma ideia de dar fim à “Sessão da Tarde” e ocupar seu espaço com um programa nacional, de entretenimento. Porém, existe um motivo que impede o canal carioca de fazer isso. Conforme noticiou o portal “NaTelinha”, a Globo só não extinguiu a faixa da filmes ainda por conta de seus contratos milionários com os maiores estúdios do mundo, tais como Warner, Walt Disney, Fox, Sony/Columbia, DreamWorks, dentre outros.

Veja também:

Apenas nessas primeiras semanas de 2018, já está sendo possível notar que a Globo não está dando muita importância para suas faixas de filmes. Isso porque, a “Tela Quente”, a principal entre todas, iniciou o ano com reprise e só teve seu primeiro longa inédito duas semanas depois, além do “Supercine”, que continua indo ao ar de madrugada, em um horário com pouco alcance de público. Vale lembrar que neste ano, a “Sessão da Tarde” completa 44 anos no ar.

Sessão da Tarde está próxima de ser extinta (Foto: Reprodução/Globo)

Acompanhe todas as novidades dos famosos e da TV, em nosso canal no YouTube!

Você também pode gostar