Novelas

Resumo “A Terra Prometida” (23/02/2017): Abul planeja tomar posto de Adonizedeque

No capítulo desta quinta-feira, 23 de fevereiro, você verá em “A Terra Prometida” que Mara ficará inconformada ao descobrir sobre gravidez de Elói. Pirã acredita que Abul seria melhor que Adonizedeque no posto de rei, e o general reflete. Mara não admite que Elói lidere um dia sua tribo. Abul diz a Pirá que pedirá apoio à Úrsula. Mara tenta invocar deuses pagãos e fica aterrorizada ao avistar um vulto, deixando Inês sem entender seu comportamento.

Ioná anuncia para as outras hebreias sobre a gravidez. Josué decreta que todos retomem o treinamento. Tobias paquera Chaia. Josué exige que continuem as buscas por Aruna. Debilitada, Aruna chama por Josué no palácio. Haniel constrange Tirda ao pedir que ela vista a roupa presenteada por ele. Ula e Lina oferecem ajuda a Mireu para cuidar de Aruna.

Veja também:

Mara humilha Tirda ao criticar o vestido. Ruth comenta gravidez de Ioná. Haniel se declara para Tirda. Raabe passeia com Boaz. Mara inicia um ritual pagão diante das estatuetas cananeias. Raabe estranha ao sentir um mal cheiro, e corre para o celeiro. Mara percebe que alguém está se aproximando e tenta se esconder. Raabe flagra Mara e se assusta ao se deparar com as estatuetas.

Logo “A Terra Prometida” (Foto: Reprodução/Record)

Você também pode gostar