Band, Noticia, SBT

Rescisão contratual de Danilo Gentili com a Band faz SBT pagar multa milionária a concorrente

A TV Bandeirantes moveu um processo judicial contra o SBT anos atrás devido a saída antecipada de Danilo Gentili da emissora. Sendo assim, o canal de Silvio Santos terá agora que obrigatoriamente indenizar sua concorrente pela falta de ética praticada, já que o humorista saiu da Band em 2013, sendo que seu vínculo só se venceria no ano seguinte.

De acordo com informações publicadas pelo colunista Ricardo Feltrin, no UOL, a rede da Anhanguera foi multada em R$ 3.684.000 milhões pelo juiz Mario Sergio Leite, da 2ª Vara Cível de Osasco (SP). Os motivos pelos quais levaram a Band a processar o SBT, segundo a publicação, se devem aos “prejuízos materiais, perda de faturamento e danos morais” que sofreu na época da rescisão unilateral por parte de Gentili e do assédio da concorrente, além de alegar ter sido “vítima de concorrência desleal”.

No mais, a emissora de Johnny Saad também afirmou que, na época, “fez investimentos por causa do artista e que perdeu dinheiro com o assédio e sua ida para o SBT”. Sendo assim, o tribunal então concordou com parte dos relatos proferidos, dizendo que “o SBT causou prejuízos e deve indenizar a rival”.

Veja também:

Mesmo assim, como o caso é de primeira instância e cabe recurso por parte do SBT, o mesmo comunicou através de sua assessoria que pretende assim o fazer. Em contrapartida, Feltrin ainda informa que a Band também processou Danilo Gentili justamente pelo fato do humorista ter rescindido seu contrato para migrar para o SBT. A ação corre em segunda instância e está sujeita a recorrência. O valor pedido pelos Saad está entre R$ 1,3 milhão e R$ 2 milhões.

Danilo Gentili na época em que apresentava o Agora É Tarde, na Band (Foto: Reprodução)

Danilo Gentili na época em que apresentava o Agora É Tarde, na Band (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar