Celebridades

Repórter da Record ‘mata’ Cristiano Ronaldo ao vivo no “Cidade Alerta”

No jornalistico “Cidade Alerta” exibido pela Rede Record nesta sexta-feira (16), algo inusitado aconteceu, o repórter que estava cobrindo o caso do Domingos Montagner ao se referir ao cantor Cristiano Araújo acabou se confundindo e falou Cristiiano Ronaldo.

Essa não é a primeira vez que o jogador acabou sendo “morto” ao vivo em um programa de TV, ano passado a apresentadora do “Encontro”, assim como o repórter Diego Barros ao invés de falar Cristiano Araújo acabou dizendo Cristiano Ronaldo.

”Desde ontem à noite, por volta das 21h, quando houve o conhecimento de que o corpo viria para o IML, a Superintendência de Transportes aqui de Aracaju, o Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar e também a Polícia Civil cercaram a área onde fica o Instituto Médico Legal para evitar que curiosos e pessoas de má fé chegassem até o local onde o corpo do ator chegou e registrassem fotos…Hoje, esse esquema continuou…Durante o percurso, houve a preservação de todo o trajeto do centro da capital sergipana até o bairro Aeroporto para que não houvesse também algum contratempo que impedisse a levada do corpo sem problema nenhum em relação a trânsito, a curiosos, a pessoas de má índole, de má fé que pudessem também fazer algo como fizeram com o Cristiano Ronaldo quando ele foi morto e fizeram aquele absurdo colocando em redes sociais”, falou o repórter.

Logo após a participação do repórter Marcelo Rezende corrigiu ele: ‘Repórter firme, hein? Novinho e…ele só cometeu um engano, que é natural nessa cobertura. Ele falou que foi o Cristiano Ronaldo. Não, foi o Cristiano Araújo. Cristiano Ronaldo tá jogando futebol e tá firme, foi o Cristiano Araújo, mas isso daqui eu vou corrigindo”.

Marcelo Rezende conversando com repórter (Foto: Reprodução/Record)

Marcelo Rezende conversando com repórter (Foto: Reprodução/Record)

Veja também:

 

Você também pode gostar