Programas

Repórter da Globo é atacado por polícia, ao vivo, em Barcelona

Um atentado no centro de Barcelona, em que teve uma van que atropelou inúmeras de pessoas, deixando 13 mortos e mais de 80 feridos, foi anunciado pelo repórter Pedro Figueiredo, – que encontra-se de férias na cidade -, ao vivo, durante o “Jornal Hoje” desta quinta-feira (17), pouco tempo depois do ocorrido.

O jornalista tentou colaborar com informações à Globo, mas acabou sendo surpreendido ao ter sido interrompido por policiais locais. Isso porque, ele entrou ao vivo por meio de seu celular e começou a falar nas ruas de Barcelona, quando um policial chegou com tudo e acabou lhe empurrando, fazendo com que a transmissão tenha sido encerrada automaticamente.

Dony de Nuccio, que teve que apresentar ao “JH” sozinho, com a ausência de sua parceira, Sandra Annenberg, retomou a palavra e encerrou o informativo, que já estava ultrapassando o horário previsto para entregar para o “Vídeo Show”. Pedro então, voltou na Globo News, e explicou que um oficial tentou tirar o celular de sua mão.

Veja também:

Nos comentários de sua postagem mais recente na conta do Instagram, Pedro foi elogiado pelos fãs. “Uma pena você ter que interromper seu lazer pra noticiar algo tão triste. Graças a Deus está tudo bem com você”, disse um. “Graças a Deus que vocês estão bem. Parabéns pelo profissionalismo”, elogiou outro. “Vida de jornalista é isso, né! Parabéns pelo comprometimento com a profissão”, afirmou uma terceira. Confira o momento:

Pedro Figueiredo (Foto: Reprodução/Instagram)

Você também pode gostar