Celebridades

Renato Goés avalia sua participação em “Velho Chico”

Renato Goés tem feito sucesso na pele do personagem Santo em “Velho Chico”. Apesar da repercussão positiva, o ator tem se preparado para se despedir do folhetim escrito por Edmara e Bruno Barbosa, isso porque a partir desta segunda-feira, dia 11 de abril, entrará no ar uma nova fase da história.

Durante entrevista concedida para a colunista Patrícia Kogut, do jornal “O Globo”, Renato falou sobre sua participação na trama e contou pelo que passou na hora da gravação. Para ele, as cenas mais difíceis de gravar foram as da morte de Belmiro (Chico Diaz), seu pai na novela, e as da captura de um boi.

“Nesta última, tínhamos que entrar na mata fechada à cavalo. Não usamos dublê. Mas já andei muito à cavalo na minha vida. Isso fez parte da minha infância”, disse. O ator falou ainda sobre as sequências românticas que gravou com a atriz Julia Dalavia, que dar vida a personagem Maria Tereza no folhetim das 21h.

Veja também:

“Foi tudo feito no cuidado. São dois jovens que têm um amor inconsequente e isso foi retratado da forma mais linda possível. Não teve nada pesado porque é um amor puro demais”, disse. A exemplo de Santo, ele contou que é romântico: “Sou um eterno apaixonado. Quando estou com uma pessoa, tenho um projeto com ela”.

Renato Goés deu vida ao personagem Santo em "Velho Chico''
Renato Goés deu vida ao personagem Santo em “Velho Chico”

Você também pode gostar