Emissoras, Noticia

Reinaldo Gottino optou pela demissão após ter sido ‘desprezado’ pela Record, diz colunista

De acordo com informações exclusivas do colunista Ricardo Fentrin, publicados no site UOL, o jornalista Reinaldo Gottino, antes de decidir com Simone Chimenti -mulher do jornalista – se iria assinar o contrato com a CNN Brasil, foi destratado pela direção da Record por diversas vezes.

Em agosto, perto do vencimento do contrato, o apresentador procurou a direção de Jornalismo, pois queria discutir a renovação. O jornalista de 42 anos estava determinado a renovar com a emissora e não assinar no último momento, como foi o caso de Luiz Bacci em fevereiro, que foi renovado horas antes de expirar.

Segundo o colunista, foram marcados três encontros para discutir a renovação com Reinaldo Gottino e por três vezes tudo foi desmarcado em cima da hora. Na última vez, na semana passada, o vice-presidente de Jornalismo, Antonio Guerreiro, enviou um emissário para avisar a Gottino de que a reunião estava novamente desmarcada. No entanto, disse que eles se reuniriam na quinta-feira (19) “sem falta”.

Veja também:

O emissário falou ainda que o contrato seria renovado com um “pequeno aumento salarial”, e que o devido reconhecimento “viria no ano que vem”. O Balanço Geral é uma das maiores audiências da Record e o único a brigar com a Globo. Por essa atitude da Record, Gottino teria se sentido desprezado.

Durante o fim de semana, Reinaldo discutiu seu futuro profissional com a esposa e ela o incentivou a assinar com a CNN Brasil, que é uma empresa mundial e que, ao ser convidado para o novo canal, estava sendo reconhecido e valorizado. Os outros dois integrantes do Balanço Geral, Fabíola Reipert e Renato Lombardi já estão na mira de outras emissoras.

Reinaldo Gottino é oficialmente anunciado pela CNN Brasil (Foto: Reprodução/CNN)

Você também pode gostar