Emissoras, Noticia, RecordTV

RecordTV surpreende com punição dada a funcionário que teria assediado jornalista

Na semana passada, houve a notícia de que um funcionário do departamento de jornalismo da RecordTV se envolveu em um caso de assédio contra uma jornalista do Portal R7, também pertencente à emissora. A princípio, esse homem seria um diretor do SP no Ar, o que depois se corrigiu e soube que tratava-se de um editor, que mandou foto do seu órgão genital para a jornalista.

A RecordTV até teve o ímpeto de tentar resolver o caso. No entanto, segundo o colunista Flávio Ricco, a punição para o funcionário envolvido foi apenas uma suspensão de 3 dias e nada mais. No final das contas, o jornalista ainda lembra que há não muito tempo a emissora desligou duas funcionárias, já que uma bateu ponto no lugar da outra na hora que saiam no almoço. No caso desse editor a punição foi diferente.

A emissora se manifestou sobre o assédio

Conforme você leitor vem acompanhando aqui no Famosos na Web, após a Globo, foi a vez da Record ter tido de lidar com um escândalo de assédio sexual, porém, em sua área do jornalismo. Após a suposta divulgação de uma foto íntima de um dos executivos à frente do SP no Ar para uma funcionária, a mesma, que não teve seu nome divulgado, teria procurado os primeiros nomes da área da emissora

Após ter sido procurada, o canal de Edir Macedo se pronunciou pela primeira vez sobre o assunto na noite da última segunda-feira (27), afirmando que a denúncia foi tudo um verdadeiro engano. “Na semana passada, a Record TV recebeu de uma de suas colaboradoras uma denúncia de assédio. O caso foi levado para a direção de jornalismo, que prontamente tomou as primeiras medidas para que a queixa fosse devidamente apurada”, declarou a rede.

Veja também:

Após a apuração e em conversa com ambas as partes, ficou esclarecido, de comum acordo, que o caso se tratou de um engano. O funcionário se explicou sobre o ocorrido e pediu desculpas pelo equívoco, que foram aceitas”, concluiu a emissora, em nota oficial divulgada para a imprensa.

Logo Record TV (Imagem: Divulgação)

 

 

Você também pode gostar