Emissoras

Record realiza demissões em massa no Rio de Janeiro

A Record no Rio de Janeiro segue realizando uma onda de demissões. No fim de tarde desta terça-feira (15), inclusive, cerca de 26 funcionários, dos mais antigos da casa, foram dispensados pela emissora. Dentre os nomes, estão Maurício Menna Barreto, coordenador do “Jornal da Record” no Rio e Neiva Prado, que exercia cargo de coordenadora de produção do conteúdo local.

Além deles, cerca de 16 funcionários, que trabalhavam no switcher da emissora, foram demitidos. O novo diretor de jornalismo, André Ramos, é o responsável pelas inúmeras demissões. Ele, inclusive, conseguiu realizar mudanças nas afiliadas da rede de Edir Macedo em Goiás e Minas Gerais, que surtiram efeito na audiência.

Vale lembrar que, algo semelhante ocorreu em junho, quando André demitiu três profissionais do seu casting. Dentre eles, Denise Rolim, que estava por lá desde 1999 e Isabela Veiga, desde 2005, que era repórter do “Balanço Geral RJ” e realizava matérias para o “Domingo Espetacular”.

Veja também:

Coincidentemente – ou não -, Douglas Fagotti, diretor de apoio à programação da rede da Record, esteve no Rio, hoje. Muitos acreditam que as mudanças têm acontecido diante da presença do executivo, já que ele tem contribuído no desempenho crescente da Record no Brasil, como no recorde alcançado em julho, no Painel Nacional de Televisão, por exemplo.

RecordTV (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar