Record pode não ter dinheiro suficiente para custear suas novelas e corre o risco de ficar no vermelho

A Record está executando um processo de terceirização em seu setor de teledramaturgia, passando o comando do Recnov, complexo de estúdios do canal no Rio de Janeiro, para a produtora Casablanca. Além disso, já começou a promover centenas de demissões no local, como já informado. Atores, diretores e autores foram poupados. Tudo isso para reduzir custos.

No entanto, a emissora dos bispos está entrando em contradição. Além de estar despedindo poucos profissionais do programa “Xuxa Meneghel”, ainda está investindo grandes somas de dinheiro com a produção de uma segunda temporada de “Os Dez Mandamentos”, e com “A Terra Prometida”.

Para o jornalista Flávio Ricco, o canal vai precisar de um “caminhão de dinheiro”, já vez que novelas de época costumam gastar mais para serem produzidas. Isso porque tem enormes gastos com os cenários, figurinos e caracterização são mais específicos e não podem ser reaproveitados. E tem mais um detalhe: os merchandisings de produtos nas cenas não poderão ser feitos. Dessa forma, a TV Record corre um enorme risco de ficar no vermelho.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
Curtidas
Diiego
Curitibano e fundador do site Famosos na Web, sou apaixonado pelo mundo virtual.