Emissoras

Record perde processo na Justiça e pagará indenização para participante de reality

Alguém se lembra do reality “Amazônia”, exibido nas noites de domingo na Record, há mais de três anos atrás? Ninguém, é claro. A ideia era boa, mas foi um fracasso em audiência. Pois então, a direção do canal dos bispos lembrou-se da pior forma possível.

É que a TV Record, após perder um processo na Justiça, terá de indenizar um dos participantes por ter premiado o vencedor errado. Sim, meu caro leitor. Foi isso mesmo. É o que informa o jornalista Fernando Oliveira, da coluna “Zapping”.

Vamos relembrar a final do programa apresentado por Victor Fasano. Durante um quiz na grande final, a emissora achou como certa uma pergunta que foi respondida incorretamente pelo piloto Tarso Marques. Dessa forma, o astrólogo Alexey Magnavita ficou em segundo lugar empatado com o surfista Picuruta Salazar.

Nesta semana, Alexey, com a ajuda do advogado Mauricio Schaun, ganhou o direito de receber R$ 125 mil pela perda do prêmio de R$ 500mil. Além disso, ele vai ganhar mais R$ 25 mil por danos morais. A Record quer recorrer da decisão.

Tarso Marques, o vencedor de "Amazônia", e Victor Fasano (Foto: Reprodução)
Tarso Marques, o vencedor de “Amazônia”, e Victor Fasano (Foto: Reprodução)