Record não cede a pressão de funcionários e começa o processo de terceirização

Não adianta mandar trio na porta do Recnov, entregar folhetos, acionar o sindicato. A Record simplesmente tomou uma decisão e é exatamente isso que irá acontecer. De acordo com o colunista Flávio Ricco, a emissora já começou o seu processo de terceirização e com isso a partir de dezembro é esperado a demissão de inúmeros funcionários que poderão ser recontratados pelas produtoras, ou não.

Diferente do que imaginávamos, a Record não vai agir de forma sútil sem alarmar nada. Por isso os programas estão aos poucos “deixando” a mão da Record, rumo as produtoras. Um exemplo disso foi “A Fazenda” que esse ano já iniciou de forma terceirizada e em 2016 continuará dessa mesma forma. O próximo deverá ser o programa “Xuxa Meneghel” e assim chega as novelas, enfim.

Curiosamente há algum tempo, a decisão final da terceirização tinha ficado nas mãos do dono da Record, o bispo Edir Macedo. Pelos rumos que vai tomando a emissora, é certo que tudo que está acontecendo, tem o aval dele. Curiosamente parece que a única coisa que de fato vai continuar sendo produzida pela Record é o jornalismo, já que os executivos consideraram um absurdo terceirizar a notícia. Aliás o jornalismo da Record passará por mudanças em 2016.

(Foto: Internet)
(Foto: Internet)
Curtidas
Jean Santos
É extremamente prazeroso levar informação com credibilidade, imparcialidade e respeito aos nossos leitores. Me sinto honrado em fazer parte do Famosos na Web, a sua fonte segura de informação. E-mail: [email protected], me mande um e-mail, ou se preferir me ligue 71 98536-6204.

Comentários