Record monta estratégia para fazer transição de “Escrava Mãe” para “A Escrava Isaura”

Após inúmeros problemas com a produção de “Belaventura”, a Record decidiu exibir mais uma reprise de “A Escrava Isaura” no lugar de “Escrava Mãe”. A decisão surgiu também porque a história da escrava mestiça vivida por Bianca Rinaldi é tida como a continuação do romance de Juliana e Miguel (Gabriela Moreyra e Pedro Carvalho), protagonistas do folhetim das 19h30.

Para segurar o público da trama inédita na reprise que será exibida em pleno horário nobre, a Record está montando uma estratégia. De acordo com as informações do jornalista Flávio Ricco, a emissora de Edir Macedo fará uma cena de transição de uma novela para a outra. Na cena, Átila (Léo Rosa) surgirá contando uma história à filha.

No entanto, essa história é a de Juliana e Miguel, que a essa altura já conseguiram vencer as vilanias de Maria Isabel (Thais Fersoza). Em seguida, o personagem dirá que agora a história será contada por outra pessoa e urgirá na tela o indicador: “alguns anos depois”. Neste momento, “A Escrava Isaura” já estará no ar, com a personagem título tocando piano.

Personagem de “Escrava Mãe” fará transição entre a novela e “A Escrava Isaura” (Foto: Record)

Você também pode gostar