Emissoras

Record é irredutível e milhares de funcionários já sabem que serão demitidos

A novela envolvendo os funcionários da Record parece ter entrado em reta final e já tem até data para acabar; 13 de novembro, uma sexta-feira, a TV Record deve convocar todos os funcionários do Recnov (centro de produções da emissora) para anunciar quantos deles irão para a rua e os boatos na emissora já dão conta de que a grande maioria estará demitida.

Para se ter uma ideia de acordo com o colunista Flávio Ricco, muitos funcionários já estão conformado com a demissão, também estão aflitos com a falta de dialogo da emissora. A decisão da Record de demitir milhares de funcionários parte da ideia de que a empresa chegou a conclusão de que terceirizando suas produções a Record acaba fazendo uma grande economia.

Isso deve-se ao fato de que quando terminam as produções da Record, muitos funcionários continuam por lá sem ter nada para fazer, ou seja, acabam gerando um custo desnecessário. Muitos devem ser realocado para a Casablanca, porém esses trabalhos serão temporários já que vamos supor que a gravação de uma novela leve 3 meses, logo sabemos que esses funcionários só terão emprego por três meses e depois disso estarão sem emprego. Quanto a venda do Recnov, aí já uma outra história na Record.

(Foto: Internet)

(Foto: Internet)

 

Curtidas

Você também pode gostar