Band, RecordTV

Record e Band atacarão Haddad e seus aliados com intensidade; revela colunista

Segundo informações exclusivas do colunista Ricardo Noblat, da Veja, a RecordTV e a Band teria recebido ordens de seus superiores para atacar com intensidade o Fernando Haddad do PT e seus aliados. Dificultando assim, o alcance de mais de 18 milhões de votos que o petista precisa para ultrapassar seu rival. Resultando em uma provável derrota no próximo dia 28.

”Ordens dos mais altos escalões das TVs Record e Bandeirantes foram dadas para que o jornalismo das duas emissoras produzam reportagens contra Fernando Haddad, candidato do PT à presidência da República, e demais políticos de outros partidos que se aliem a ele”, iniciou o jornalista que é conhecido por ser um analista político renomado.

”É de desolação, de revolta e, em alguns casos, até de choro o clima no jornalismo das duas emissoras. Ciro Gomes, ex-candidato do PDT, será um dos primeiros alvos de tais reportagens”, completou o mesmo. ”Contra Bolsonaro, pode. É liberdade de imprensa; contra Haddad, não pode. É perseguição! (risos)”, respondeu um seguidor do jornalista que teve seu comentário compartilhado.

Veja também:

Vale lembrar que no dia 30 de setembro, Edir Macedo já tinha declaro apoiou em seu Facebook ao presidenciável Jair Bolsonaro. Tudo ocorreu após um usuário perguntar seu posicionamento político nos comentários da rede social. O líder da Universal não gravou nenhum vídeo, nem fez nenhum pequeno texto explicativo, sua atitude foi apenas responder que estava com Bolsonaro.

Você também pode gostar