Emissoras

Record derrubará toda a programação do domingo para exibir votação do Impeachment

O clima de tensão política no Brasil terá como protagonista as emissoras de TV. Assim como aconteceu em 1992, um cenário parecido dará as caras após a decisão da noite desta segunda-feira (11). Após a aprovação por parte de maioria da comissão de deputados, o processo de Impeachment seguirá e terá o seu fim no próximo domingo (17).

Dia mais esperado de todo o processo, este definirá o destino da presidente da república. Fato considerado importante para o país, a Record não deixará de dar suas “pitadas” como sempre faz em suas coberturas. Portanto, de acordo com a coluna Outro Canal, toda a programação deste dia será derrubada para a votação ser exibida na íntegra ao vivo.

Veja também:

Isto fará com que o “Hora do Faro”, por exemplo, seja picotado ao aval do jornalismo. Caso aconteça alguma interrupção, a correria nos bastidores fará com que a edição seja feita ou não, tudo dependendo de como irá fluir o tal acontecimento. A Globo, por sua vez, também negocia a derrubada de sua programação. Com a possível troca de dia do futebol e o “Faustão” ao vivo, para os maiorais será mais favorável as interrupções.

(Imagem: Divulgação/Record)

(A Record se renderá a exibir a votação que pode decidir o Impeachment da presidente Dilma)

Você também pode gostar