Emissoras, Globo, Noticia

Raro! Globo exibe imagens de antiga concorrente durante o Vídeo Show

Dentre as diversas situações em que a Globo é elogiada, uma sempre se repetia e causava uma certa rejeição por parte de uma grande camada da classe artística. Ao citar um contratado durante um programa, a emissora sempre se esquecia de seus trabalhos na concorrência. No entanto, durante o Vídeo Show desta terça-feira, 21 de novembro, eles surpreenderam.

Enquanto homenageavam Zezé Motta no quadro Meu Vídeo é um Show foram veiculadas imagens dela em Xica da Silva (1997), novela feita pela extinta TV Manchete. Aproveitando a deixa, a atriz comentou sua atuação no folhetim e relembrou: “Foi muito louco, estava fazendo um filme em Cabo Verde quando o [diretor Walter] Avancini me ligou dizendo: ‘Topa ser a mãe da Xica?’ Eu tomei um susto […] Pedi para pensar e dar a resposta no dia seguinte, mas depois liguei dizendo: ‘Claro que topo!’“.

Globo é acusada de plágio

Segundo informações do colunista Maurício Stycer, a vinheta produzida pela emissora carioca para o fim de ano de 2017 e divulgada durante o Fantástico deste domingo, 19 de novembro, é uma cópia descarada de uma campanha produzida em homenagem ao Foo Fighters.

Os responsáveis pela vinheta deste ano da Globo foram Sergio Valente, Mariana Sá, Leandro Castilho, Mônica Tommasi e Alexandre Tommasi, que certamente se inspiraram no vídeo disponível na internet. A parte mais semelhante entre as gravações é no momento em que uma grua mostra várias bandas tocando ao mesmo tempo.

Vale lembrar que, o vídeo criado por fãs da Foo Fighters na Itália foi lançado em 2015. Em nota, a emissora carioca “assumiu” a cópia. Porém, quis classificar isto apenas como uma “referência”. A assessoria se limitou a explicar que utilizou o vídeo como inspiração e que, até mesmo ao convidar seus artistas para gravarem a campanha, o colocou em anexo para que todos pudessem entender a proposta.

Veja também:

A ideia nasceu de uma evolução da campanha do ano passado. No ano passado todos cantaram juntos. Esse ano queríamos que todos tocassem juntos, pois vimos que tínhamos, entre os nossos profissionais, muitos que tocavam instrumentos, que eram músicos, cantores. E queríamos também ter representados os vários ritmos do Brasil tocados juntos. A do Foo Fighters foi uma das referencias. Tanto que a usamos internamente no convite ao elenco para dar uma ideia do resultado que queríamos alcançar. Essa foi uma referência que surgiu depois de termos tomado a decisão pela ideia da grande banda brasileira. Mas não foi a única. Uma das referências de clima foi também a de uma ação de fãs cantando juntos Beatles na Trafalgar Sq, em Londres.Juntas, essas referências ajudaram a construir a evolução do encontro do ano passado. E já estamos pensando na do ano que vem!“, disse a nota.

Veja o vídeo em que a Globo teria copiado para fazer a campanha de fim de ano de 2017:

Veja o vídeo da campanha de fim de ano da Globo de 2017:

Logo do Vídeo Show (Foto: Reprodução)

Logo do Vídeo Show (Foto: Reprodução)

Você também pode gostar