Celebridades

Racistas que atacaram Maju Coutinho podem pegar até 20 anos de prisão

A casa literalmente caiu para os preconceituosos que tentaram dar uma de engraçadinhos e utilizaram de estratégias frias para agredir um nome que atualmente leva um papel de destaque na televisão. Além de mostrar exemplo pela sua garra ao superar os preconceitos, seu reconhecimento é por conta da popularidade e a maneira informal ao mostrar a tradicional previsão do tempo no principal telejornal do país.

Trata-se de Maju Coutinho, que no começo do ano foi denunciar às autoridades os ataques racistas sofridos por meio das redes sociais. Se reunindo a uma classe de artistas que também passou pelo mesmo, a meteorologista do “Jornal Nacional” se destacou com a campanha “#ForçaMaju”, que ganhou o coração dos fãs que se comoveram diante das repressões. Mas estas estão dando seus primeiros resultados, de acordo com a coluna Ktv.

Veja também:

Érico Monteiro dos Santos, Rogerio Wagner Castor Sales e Kaique Batista são os apontados em uma denúncia atuada pelo Ministério Público de São Paulo nesta terça-feira (21) na qual relata que foram eles os que provocaram os ataques, já que era um grupo onde tinha o propósito de somar forças com outros internautas a fazerem o mesmo. Os acusados podem pegar de 7 até 20 anos de cadeia pelo crime contra a jornalista e mais outros quatro associados a estes.

Maria Júlia Coutinho, a Maju, respondeu aos ataques que sofreu. (Imagem: Divulgação)

Maria Júlia Coutinho, a Maju, respondeu aos ataques que sofreu. (Imagem: Divulgação)

Você também pode gostar