Noticia, Novelas, O Outro Lado do Paraíso

Público se enraivece com recaída de Cido e Samuel em O Outro Lado do Paraíso

Em O Outro Lado do Paraíso, a saída de Samuel (Eriberto Leão) do armário não foi fácil. Reflexo da vida real, o medo da reação da mãe por ser gay foi algo abordado. Foi preciso que a sua ex-mulher Suzy (Ellen Roche) mostrasse toda a verdade, depois de pegar Samuel e Cido (Rafael Zulu) juntos, o que fez o casal assumir relacionamento.

Apesar da gravidez de Suzy, o casal estava agradando os telespectadores. Porém, devido a mudanças feitas por Walcyr Carrasco, Samuel e Cido tiveram ‘recaídas héteros’ com Suzy e Irene (Luciana Fernandes). Quem gostou de toda esta trama foi a mãe de Samuel, Adnéia (Ana Lúcia Torre).

Na internet, os internautas demonstraram irritação com a mudança na história dos personagens: “Enquanto Gloria Perez trabalhou brilhantemente a questão de gênero e identidade sexual em ‘A Força do Querer’, Walcyr Carrasco vem com Cura Gay em ‘O Outro Lado do Paraíso. Desserviço!”, escreveu um telespectador.

Veja também:

Outros comentários também expuseram revolta com a decisão: “Estamos em 2018 e a novela está tentando emplacar que a cura gay existe (e ainda mais em tom de comédia)”, comentou internauta. “Que desserviço essa novela. Trata cura gay como possível e trata racismo como piada, banalizando o assunto”, criticou outro no Twitter.

Ellen Rocche, Eriberto Leão e Rafael Zulu, atores de O Outro Lado do Paraíso (Foto: Montagem)

Acompanhe todas as novidades dos famosos e da TV, em nosso canal no YouTube!

Você também pode gostar