Celebridades

Próxima vilã de “Malhação”, Talita Younan, realiza ensaio fotográfico; confira!

2017 chegou para fazer diferença na vida da atriz Talita Younan, ela que é paulista será a próxima vilã da novelinha teen “Malhação”, acabou de fazer um editorial mixando pijamas com maquiagens sugestivas para curtir a folia deste carnaval.

“Amei fazer este ensaio pelas lentes do talentoso Diguinho Soares, adoro pijamas, e a proposta inusitada de unir essas maquiagens com os pijamas ficou bem bacana, este ano estou trocando a avenida por textos. Os únicos bloquinhos que estou curtindo são os de capítulos, minha folia ficou resumida na farra que fizemos nesse ensaio para Turma da Mel” disse Talita.

Na próxima temporada de Malhação, a moça viverá sua primeira vilã, além da dedicação com os textos, a personagem está exigindo outros tipos de preparos, com isso a morena já está na aula de dança pra deixar o corpo em dia. “Estou fazendo aulas de dança com um o querido Daniel Saboya. Minhas gravações já começam um dia depois do carnaval, não consigo desfocar, me entrego por inteira sempre, e o tempo vago é pra descansar, pesquisar referencias e ter mais pique para me preparar” conta ela.

Nova “Malhação”

Assinada por Cao Hamburger a nova temporada da novelinha teen “Malhação” intitulada ‘Viva a Diferença’ estreará em Abril e contará com cinco protagonistas. A novidade dessa temporada é que não haverá nenhum protagonista homem. A história irá priorizar o empoderamento feminino.

Veja também:

Diante disso, as cinco amigas serão as novas protagonistas da trama, que pela primeira vez não será ambientada no Rio de Janeiro, e sim em São Paulo. O ambiente escolar será mantido, já que haverá uma escola municipal e uma outra particular. Sabe-se que no primeiro capítulo da trama, o público verá que cinco garotas estarão em um metrô, quando o mesmo acabará sofrendo uma pane.

É nesse momento que uma das garotas estará entrando em trabalho de parto. Então, as outras quatro se unirão para ajudá-la. A partir daí é que nasce a amizade entre as cinco. Vale lembrar que as garotas serão de raças diferentes, classe sociais diferentes e de bairros diferentes, mas todas serão ativistas pelas causas que defendem na política.

Você também pode gostar