Audiência da TV

Primeiros dados do instituto GfK podem ficar para o ano que vem

O novo instituto de medição de audiência da TV, GfK, ainda vai precisar de alguns ajustes antes de divulgar as pesquisas, já que está tendo problemas com a contabilização da audiência individual, a que identifica se é o pai, a mãe ou os filhos que estão vendo o programa. Explicando: ela determina as predileções de cada indivíduo que compõe a amostra. como informa a jornalista do portal “R7”, Keila Jimenez.

O instituto alemão só vai divulgar os primeiros dados quando tiver mais 90% de adesão em audiência individual, o pode levar mais de dois meses. Assim, os primeiros números podem ser divulgados somente no final de 2015, ou início de 2016.

Vale dizer que já é possível que dizer que o número de televisores ligados é 10% maior, e que a audiência da Globo no horário nobre apresentou crescimento, assim como os índices do SBT e da Record.

(Foto:Reprodução)

(Foto:Reprodução)

Curtidas

Você também pode gostar