Celebridades

Por fraude, Mascherano é condenado a um ano de prisão

Javier Mascherano, o famoso volante argentino que atualmente joga pelo FC Barcelona, aceitou nesta quinta-feira a condenação de um ano de prisão, por fraudar 1,5 milhão de euros, fortuna que na conversão atual do euro para o real, está em torno de R$ 6,68 milhões. Ele teria efetuado tal fraude da Fazenda espanhola, e solicitou que a Justiça do país suspenda a detenção, substituindo ela por multa de 21,6 mil euros, cerca de R$ 96,2 mil.

Mascherano fez questão de realizar uma nota oficial para tratar do assunto, confira abaixo na íntegra:

Por meio deste comunicado, quero esclarecer algumas questões ligas as últimas notícias sobre a minha pessoa.


No dia de hoje, cheguei a um acordo com a Fazenda da Espanha, com sentença definitiva e aprovação de todas as partes. Assim, uma vez resolvida a parte legal e com a tranquilidade de ter regularizado minha situação fiscal, quero fazer um breve desabafo.

Depois da minha chega ao Barcelona, contratei um prestigiado escritório, com pessoas renomadas e de excelente reputação. De acordo com a minha situação, eles me recomendaram determinadas estruturas, todas dentro da legalidade, me notificando sempre que eram procedimento habituais, transparentes e aceitáveis pela lei. Fui assessorado por esses profissionais desde 2010 até 2014, quando decidi mudar de escritório diante ao processo que havia se iniciado contra mim e com evidências de que meu problema não era mais potencial e sim uma realidade.

Meus novos assessores me recomendaram pagar os impostos pedidos pela Fazenda, apresentando o que chamam de retificação sobre todos os exercícios fiscais. Agora, finalmente e após uma amarga espera, chegamos a esse acordo, que me devolve a tranquilidade de ter minhas obrigações diárias.

Sou um esportista profissional, não tenho grandes conhecimentos de questões de impostos, nem legais. Por isso, devo me apoiar em gente que entende desses termas técnicos que para mim são complexos. Durante toda minha carreira fui uma pessoa honesta e responsável, respeitando meus companheiros, os clubes que representei e aos países onde vivi. Essa situação que tive de passar foi uma experiência a mais, saio fortalecido e tranquilo por ter ficado sabendo novamente das regras. Me reservado a possibilidade de acionar na Justiça aqueles que me assessoraram mal, me recomendando o que não era correr.

Mascherano é condenado por fraude
Mascherano é condenado por fraude