TV

Policial de “A Força do Querer” era bandido em “Pega Pega”

Por um descuido, a Globo acabou confundido a mente dos mais atentos em TV. Quem acompanhava os primeiros capítulos de “Pega Pega” viu que o ator Lucci Ferreira era um bandido, o ex-sócio corrupto de Eric (Mateus Solano), que tentou subornar Luiza (Camila Queiroz) e acabou morrendo numa tentativa de fuga do presídio. Porém, a emissora carioca resolveu colocar o mesmo ator em “A Força do Querer” interpretando um policial.

Na trama de Glória Perez, Ferreira é o chefe do grupo enviado por Caio (Rodrigo Lombardi) para prender Rubinho (Emílio Dantas). Encarnando o policial Werneck, ele será subornado pelo marido de Bibi (Juliana Paes) no capítulo desta terça-feira, 10 de outubro, mas não obterá sucesso com a investida. A gafe foi verificada pelo colunista Nilson Xavier, que apontou isto e expôs esta falha na escalação de elenco da dramaturgia global.

“A Força do Querer” já contou com gafes

Apesar do padrão de qualidade, a Globo vez ou outra vira notícia por conta dos deslizes em suas produções de dramaturgia. Não foi tão diferente com “A Força do Querer” onde teve um erro que acabou virando piada entre muitos que estranharam a situação.

Tudo aconteceu na cena que foi ao ar no dia 05 de setembro e tentou retratar o preconceito que muitos têm ao receber transgêneros para entrevistas de emprego. Ivana (Carol Duarte) estava precisando de dinheiro porque a mãe, Joyce (Maria Fernanda Cândido), decretou o cancelamento de sua mesada.

Veja também:

Sabendo disto, Cibele (Bruna Linzmeyer) resolveu lhe ajudar e disse que conhecia uma amiga que estava precisando de um vendedor. Na cena, a câmera exibiu uma mensagem de texto da ex de Ruy (Fiuk) com uma mulher chamada Clara. Mas, quando Ivana chega na loja indicada por Cibele, ela chega chamando por Bebel, que vê sua aparência masculina e se espanta.

A confusão da mulher que era Clara e passou a se chamar Bebel foi apontada pela coluna do Maurício Stycer, que ainda acrescentou que erros de sequência são mais comuns que o normal nas novelas da Globo. Vale lembrar que o último erro mais bizarro de uma produção da emissora foi em “Novo Mundo”, quando uma atriz apareceu usando celular em uma cena que se passa nos anos de 1800.

Lucci Ferreira interpretando o policial Werneck em “A Força do Querer” (Imagem: Divulgação/Globo)

Você também pode gostar