Celebridades, Emissoras, Globo, Noticia

Perito avalia vídeo em que William Waack é acusado de racismo

Havia uma série de contradições quanto ao vídeo que vazou na web com William Waack fazendo um comentário que, até então, tinha um teor racista. A qualidade da gravação era muito baixa, e deixava a entender várias coisas. Dentre os pensamentos que ficaram em aberto, alguns defendiam o jornalista e diziam que ele não tinha dito nada pejorativamente sobre os pretos.

Desta vez, o Notícias da TV convidou um perito para avaliar o que realmente Waack disse. Segundo Maurício de Cunto, o que o âncora do Jornal da Globo disse para o comentarista Paulo Sotero foi realmente a expressão “preto”.

+ Saiba quem foi o responsável por vazar o vídeo polêmico de William Waack

+ Saiba como vazou o vídeo polêmico de William Waack

Veja também:

+ Globo decreta afastamento de William Waack após escândalo

A má qualidade do áudio nos obriga a emitir pareceres sobre o que realmente é dito com ressalvas. Minhas observações quanto ao que é falado por William Waack a Paulo Sotero, neste momento, apontam para: ‘Preto, (né)… Preto, né?’, onde os parênteses indicam dificuldade maior de se identificar os fonemas“, pontuou o especialista.

Vale lembrar que Cunto é um engenheiro eletrônico e mestre da fonoengenharia. Sua atuação mais significativa como perito foi na análise da gravação da conversa entre Michel Temer e Joesley Batista, que culminou no escândalo onde colocou o Presidente da República no foco das investigações por corrupção passiva.

William Waack no Jornal da Globo do dia 08 de novembro de 2016, quando aconteceu o episódio de racismo (Imagem: Reprodução/Globo)

William Waack no Jornal da Globo do dia 08 de novembro de 2016, quando aconteceu o episódio de racismo (Imagem: Reprodução/Globo)

Você também pode gostar