Celebridades

Paulo Henrique Amorim revela que a Record irá até o fim em briga do sinal analógico

O apresentador Paulo Henrique Amorim revelou o real motivo da negociação entre as emissoras de TV aberta com as operadoras de TV paga. Segundo ele, em sua página oficial, o Conversa Afiada, o profissional revelou que soube que a Record irá até o fim nessa ‘briga’. “No ano passado lucrou R$ 236 milhões, com uma radical redução dos custos… Gastou R$ 40 milhões para “zerar” o RecNov e compartilhá-lo com a Casablanca, onde produz, hoje, três novelas! Começou a gastar outros R$ 40 milhões para atualizar a TV Record tecnologicamente”, afirmou Paulo.

Segundo ele, a cúpula da emissora de Edir Macedo não se abalou com o declínio nos índices após o desligamento do sinal analógico. “Segundo Valdir Macedo, é o seguinte o recado que a equipe da Record recebeu: não temos o que temer, façam o seu trabalho!”.

Veja também:

A Globo tentou impedir a conversão do sinal analógico para digital, revelou PHA. “Primeiro, com medo de perder audiência – já cadente -, porque muitos de seus espectadores não têm dinheiro para comprar equipamento digital. E, mais importante, para impedir que o Governo entregasse a frequência analógica aos compradores, que já pagaram uma fortuna ao Governo!”. “E quem já comprou e em quem a Globo queria dar um calote? As telefônicas que vão competir com… a Globo! As telefônicas que vão distribuir conteúdo que ferra, primeiro, a Globo!”, analisou.

(Foto: Reprodução/Internet)

Você também pode gostar