Celebridades, Noticia

Paula Von Sperling, vencedora do BBB19, é intimada para depor sobre as acusações de intolerância religiosa

Paula Von Sperling, a grande vencedora do BBB19, foi intimada para prestar depoimento na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) na próxima semana. A mineira, que ganhou R$ 1,5 milhão, é investigada pelo crime de injúria por preconceito baseada em intolerância religiosa dentro do reality show, que terminou ontem.

De acordo com informações do site UOL, a assessoria da Polícia Civil do Rio de Janeiro afirmou que Paula está com horário marcado para comparecer na quarta-feira e prestar o seu depoimento. No entanto, há possibilidade do delegado Gilbert Stivanello adiantar para terça-feira, o que ainda será acertado.

Tudo começou durante uma conversa em 6 de fevereiro, no BBB19, quando a mineira fez uma série de comentários que foram considerados por alguns participantes, telespectadores e internautas como racistas. Em um bate-papo com Diego e Hariany, a sister afirmou ter medo de Rodrigo por ele ter contato “com esse negócio de Oxum” e disse: “Nosso Deus é mais forte”.

Veja também:

Segundo o delegado que está a frente do caso, se a loira for considerada culpada, ela pode pegar até três anos de pena. A advogada Mônica von Sperling, irmã de Paula, disse que a família está preparada para qualquer denúncia de Rodrigo. Até agora, Paula não comentou sobre o caso.

Paula durante o Raio-X desta segunda-feira (08) (Foto: Reprodução/Globoplay)

Paula durante o Raio-X no BBB19 (Foto: Reprodução/Globoplay)

Você também pode gostar