Parece que a a onda de amarrar e bater em ladrões, está se tornando cada vez mais comum no Brasil

Parece que a a onda de amarrar e bater em ladrões, está se tornando cada vez mais comum no Brasil

Um homem de 26 anos foi amarrado em um poste na tarde de quinta-feira (13), na cidade de Itajaí SC, esse é o terceiro caso de homem amarrado ao poste no Brasil. O rapaz assaltou uma lanchonete por volta das 14h, de acordo com a Polícia Militar, sendo capturado por populares e agredido em seguida.

O assaltante, Rafael Assis Chaves teria agido ao lado de outro homem. Ambos chegaram em uma moto ao local quando anunciaram o assalto. No momento da fuga, o veículo não funcionou.

O comparsa, que estava armado, conseguiu fugir a pé com R$ 2.000 e objetos pessoais de clientes do restaurante. Chaves foi autuado em flagrante por roubo e encaminhado para um presídio de Itajaí.

A ocorrência se assemelha ao ocorrido no Rio de Janeiro, no último dia 31 de março. O rapaz, um suposto assaltante, foi agredido, deixado nu e preso com uma trava de bicicleta a um poste, no Flamengo (zona sul do Rio).

A mulher que socorreu o jovem divulgou o caso na internet e foi criticada porque ele, negro, seria integrante de uma gangue que pratica assaltos na zona sul. O rapaz estava sem documentos, segundo os bombeiros, e o caso não chegou a ser registrado na polícia.

Comentários

comentar

  • http://gironatela.com/ fofucho

    acho que o comentário de Rachel Sheherazad está ajudando as coisas acontecer mais frequentemente